sexta-feira, 20 de maio de 2011

Acampamento instala placas de alerta contra padres pedófilos


Placas fixadas em acampamento no sul austríaco, como um protesto contra a pedofilia, chamam atenção do país provoca polêmica na Áustria, nesta semana, um acampamento onde foram instaladas placas para alertar sobre o risco de ataques de padres pedófilos, no sul do país. Os sinais mostram um sacerdote de batina longa que corre atrás de um menino e uma menina, e foram fixados pelo dono do local, ao longo do caminho de um bosque, localizado nas proximidades de uma basílica católica.

"Quero manifestar o meu protesto como um simples cidadão", explica o proprietário, Sepp Rothwangl, que disse ter sido abusado por um padre quando era criança. O fato tem atraído a atenção do país, e preocupa o clero austríaco. "A igreja católica romana parece incapaz de remover padres que abusam de suas funções", reclama.

A mensagem ainda informa que religiosos são proibidos de entrar na floresta com crianças a menos que elas estejam acompanhadas pelos pais ou outros adultos autorizados. Segundo a agência AP, a arquidiocese de Viena avaliou as placas como "um ato bizarro que quer gerar atenção".

No ano passado, a Igreja Católica austríaca foi alvo de um escândalo que envolvia pelo menos 30 investigações sobre pedofilia. Um arcebispo local pediu renúncia depois de admitir que abusou de uma criança durante 40 anos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente like a boss!

Ocioso